Neurociência, Idéias, Auto-Consciência

Neuromundo

A Neurociência da Vingança

A Neurociência da Vingança

By on March 4, 2020 in Neuromundo with 0 Comments

Acredito que todos somos bons e maus dependendo da situação. Não acredito que existem pessoas somente boas ou somente más e, através dos meus estudos e também da minha própria experiência, posso observar que existe um espectro entre a bondade e a maldade e cada um de nós permeia nesse espectro no decorrer de suas […]

Continue Reading »

‘Boas vibrações’ à luz da ciência.

‘Boas vibrações’ à luz da ciência.

By on January 10, 2020 in Neuromundo with 0 Comments

Embora nunca possamos sentir realmente como é ser outra pessoa, nosso sistema de neurônios-espelho nos dá a capacidade de simular mentalmente e fluidamente as ações de outra pessoa.

Continue Reading »

A neurociência da leitura – Os livros que você lê mudam a forma como você vê o mundo.

A neurociência da leitura – Os livros que você lê mudam a forma como você vê o mundo.

By on December 29, 2019 in Neuromundo with 0 Comments

A conclusão de tudo isso é que, independente da cultura, os seres humanos se ligam intimamente à histórias. Elas fazem parte da nossa composição como espécie e podem, literalmente nos transportar para a mente e o corpo de um personagem.

Continue Reading »

Compulsão por álcool – Quais são as causas?

Compulsão por álcool – Quais são as causas?

By on December 9, 2019 in Neuromundo with 0 Comments

Como é que alguns indivíduos podem beber por toda a vida adulta sem desenvolver hábitos compulsivos, enquanto outros não?

Meu projeto de doutorado envolve a criação de um teste realizado via celular que possa detectar o uso de álcool do usuário e previnir acidentes de trânsito ocasionados pelo uso do dessa substância. Estamos buscando voluntários! Para participar escreva no: mverzaro@usp.br Sua participação poderá salvar muitas vidas!

Continue Reading »

O Eu Vazio. Por que nos sentimos tão sós?

O Eu Vazio. Por que nos sentimos tão sós?

By on August 1, 2019 in Neuromundo with 0 Comments

Existe uma grande diferença entre estar sozinho, se isolar para fugir da realidade e de se sentir só. Conheço bem as três experiências.

Continue Reading »

Falsas Memórias

Falsas Memórias

By on March 11, 2019 in Neuromundo with 0 Comments

Seu cérebro acessa memórias o tempo todo e seu emocional molda muito o que você vai memorizar ou não. É assim que você aprende alguma coisa. Estar constantemente lembrando e esquecendo é a chave para entender por que somos tão inteligentes e criativos

Continue Reading »

Ilusão – Qual é o mundo em que vivemos?

Ilusão – Qual é o mundo em que vivemos?

By on December 26, 2018 in Neuromundo with 0 Comments

Acabei de passar um semestre (mais de um, na verdade) estudando muitos aspectos sobre a ilusão, e, mesmo estudando e trabalhando bastante com o tema, sempre me pego nela. No sânscrito, a palavra maya (ilusão), é maravilhosa pois, a parte de alguns seres iluminados; a grande maioria de nós sempre está vivendo na ilusão, algumas […]

Continue Reading »

A Neurociência da Memória

A Neurociência da Memória

By on August 12, 2018 in Neuromundo with 2 Comments

A memória é a forma como vivemos o tempo. É ela que nos faz reconhecer quem somos, o que fazemos e, às vezes, é ela que nos prende em coisas que deveríamos deixar para trás. Na mitologia grega, Tempo (Cronos) e Memória (Mnemosine) são irmãos, o que evidencia uma forte correspondência entre eles. Mnenosine é […]

Continue Reading »

Altruímo – Comece cuidando de si!

Altruímo – Comece cuidando de si!

By on December 21, 2017 in Neuromundo with 0 Comments

Demorei muito para entender a lição mais importante sobre o altruísmo. Sempre ajudei nas campanhas da fraternidade que tinham na escola quando era pequena, tentava ser prestativa com meus amigos e achava que agradando e ajudando todos à minha volta, minha vida iria melhorar. Doce engano. Muito pelo contrário, acabava sentindo uma espécie de frustração […]

Continue Reading »

O momento Ah-ha!

O momento Ah-ha!

By on November 16, 2017 in Neuromundo with 0 Comments

Conta-se que Arquimedes, quando descobriu o princípio da flutuabilidade quando estava no banho, esqueceu que estava nu e saiu correndo para a rua, gritando jubiloso: “Eureka, eureca” (achei, achei). Esse é o exemplo mais famoso da experiência Ah-ha. Mas, o que é a experiência Ah-ha e como ela pode ser explicada? A experiência do Ah […]

Continue Reading »

Top