Neurociência, Idéias, Auto-Consciência

Atenção e linguagem – A língua que você fala influencia sua atenção.

By on December 28, 2019 in NeuroSenciência with 0 Comments

A psicolinguística é um campo que está na intersecção entre a psicologia e a linguística e uma de suas descobertas recentes é a de que as línguas que falamos influenciam nossos movimentos oculares. Além do mais, os movimentos variam de acordo com os idiomas que falamos.

Os falantes do inglês, por exemplo que ouvem a palavra vela geralmente olham para um doce porque as duas palavras compartilham sua primeira sílaba(candle/candy).

Além dessa pesquisa, outra revelou que aqueles que são bilíngues não apenas olham para as palavras que compartilham sons em um idioma, mas também para as que compartilham sons nos dois idiomas.

Ainda mais impressionante, falantes de diferentes idiomas diferem em seus padrões de movimentos oculares quando nenhum idioma é usado. Em uma tarefa simples de busca visual, na qual as pessoas tinham que encontrar um objeto visto anteriormente entre outros objetos, seus olhos se moviam de maneira diferente, dependendo de quais idiomas eles conheciam. Por exemplo, ao procurar um relógio, os falantes de inglês também observavam uma nuvem (clock/cloud). Os falantes de espanhol, por outro lado, ao procurar o mesmo relógio, olhavam para um presente, porque em espanhol, as palavras(reloj/regalo) – se sobrepõem no início.

Nosso cérebro organiza e processa informações lingüísticas e não linguísticas de uma forma em que uma única palavra pode desencadear um efeito dominó que se espalha por todo o sistema cognitivo. Essa interatividade e co-ativação não se limita somente às línguas faladas. Os bilíngues dos idiomas falado e de sinais também mostram essa co-ativação.

Por exemplo, bilíngues que conhecem o idioma americano dos sinais e o inglês olham para o queijo (cheese) quando ouvem a palavra papel (paper) em inglês, porque o papel e o queijo compartilham três dos quatro componentes na linguagem de sinais (formato da mão, localização e orientação).

Essas pesquisam são muito importantes pois podem revelar como analisar o comportamento de um consumidor (por exemplo, o que ele olha em uma loja), de um militar (o que ele olha num cenário complexo) e de um amante da arte. Basicamente, o idioma que você fala influencia como você vê o mundo, não apenas figurativamente, mas também literalmente, redirecionando o movimentos dos seus olhos.

Esses estudos revelam que nosso sistema de linguagem não é somente uma interação entre palavras e conceitos mas sim, uma complexa interação que afeta nosso processamento em outras áreas como a visão, atenção e a cognição. A forma como olhamos o mundo, no que prestamos atenção e como vivemos nossas vidas cotidianas é diretamente influenciado pelas línguas que falamos.

Referências:

– https://science.sciencemag.org/content/268/5217/1632

– https://psycnet.apa.org/record/2003-03964-002

– https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4451606/

– https://benjamins.com/catalog/lab.17022.sho

– https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3402650/

 
 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

About the Author

About the Author: É Neurocientista, Palestrante, Yogini, blogger, vlogger e Produtora de eventos na Círculo Produções (http://www.circuloproducoes.com). Já foi Dj, dona de loja, garçonete, assistente de cobrança, vendedora, professora de universidade, webdesigner, fotógrafa, especialista em logística de piloto e dona de Club. Ama a música, o cérebro, o universo, a ciência e escrever. .

Subscribe

If you enjoyed this article, subscribe now to receive more just like it.

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

5 × four =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Top