Music. Ideas. Awareness

Meditação – O veículo da transformação.

By on September 6, 2019 in NeuroSenciência with 0 Comments

Sempre fui fascinada por ficção científica. Quando era criança, montei uma nave espacial com um monte de caixa de papelão e uma caixa registradora de brinquedo (era onde controlava a nave, risos). Hoje me dou conta do quanto a busca pelo entendimento do mistério do universo e da mente me seduziram e me direcionaram a estudar neurociência.

Percebo também, o quanto essa busca por entender os limites do cérebro me fez passar por todo tipo de experiência bizarra; raves, utilização de substâncias muitas vezes ilícitas, terapias tidas como bizarras, teorias conspiratórias. Nossa! A lista é gigante, porém, nunca deixei de ir na mesma direção. Quais são os limites da mente humana?

Foi através desses caminhos malucos e, às vezes perpetuosos que cheguei até a meditação. E foram vários tipos de meditação. Eu queria, aliás, ainda quero explorar os limites da capacidade mental humana.

São inúmeros os estudos que falam sobre os benefícios da meditação,  existe até metanálise da metanálise (metanálise é basicamente um artigo que resume estatísticamente todos as estatísticas feitas sobre um determinado assunto até então) sobre o tema. Sabemos que diferentes tipos de meditação alteram diferentes áreas cerebrais e explicarei sobre essas diferentes técnicas de meditação em outros textos aqui no blog; de qualquer forma, todas elas possuem um denominador comum. A atenção.

A atenção é essencial para a nossa consciência e, me atrevo a dizer que é a base dela (controverso, mas é a minha opinião baseado nos meus estudos e experiências vividas até o momento). Os nossos sentidos nos enganam tanto! A realidade que achamos que vivemos é tão ilusória que não há outro caminho, senão o da atenção. É a única forma de estar próximo a verdade e é só com a verdade que é possível expandir, por isso que sempre insisto na meditação. Esse é o caminho.

               Gosto muito de como Krishnamurti define meditação, inclusive, foi graças a um livro dele que ganhei de aniversário que consegui ir mais afundo no assunto: “Meditação é a total atenção ao que você está fazendo ao longo do dia. Se você está colocando uma gravata, preste atenção nela. Se você estiver conversando com alguém, preste total atenção. Em atenção, não existe um centro como o ‘eu’. Somente quando não há atenção, há a formação e a estrutura do eu, da qual surgem toda tristeza, dor e divisão. Portanto, meditação é esse sentimento de total ausência do eu. E quando há essa atenção, a mente fica completamente quieta, silenciosa, sem pressão. O que é silencioso tem um vasto espaço. Somente então o que não tem nome passa a existir. Então a vida, toda a vida, a sua e a do outro, toda a existência, se torna sagrada, santa. Este é o significado da vida e o significado da meditação.”

               Há inúmeras referências para quem quer começar, primeiro se inicia a prática devagar e por pouco tempo. Pouco a pouco se vai aumentando e daí as transformações vão acontecendo.

Tive, por muito tempo problemas de insônia e essa meditação foi essencial para resolver o problema. Foi com essa meditação que comecei.

Um dia você começa a entender a aula daquele professor que nunca havia conseguido entender antes. Aquela flor amarela! Nossa, ela é tão amarela, ela é tão linda! Às vezes parece até um super poder, porque você começa a perceber algumas ações que às pessoas fazem e não percebem que são bem óbvias, fica também mais fácil de prever algumas coisas e de entender as pessoas e o mundo. E tudo vai mudando mas o principal é você com você mesmo. Você começa a entender que seu mau humor é devido à falta de comida e não ao que seu colega de trabalho te falou, você começa a se ouvir, a se entender. Você começa a realmente viver o movimento da vida.

 
 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

About the Author

About the Author: É neurocientista, idealizadora da Círculo Produções, professora de Yoga, Dj de Techno e blogger. Já foi dona de loja, garçonete, manager de artista, assistente de cobrança, vendedora, professora de universidade, webdesigner, fotógrafa, produtora de eventos, especialista em logística de piloto e dona de Club. Ama música, o cérebro, o universo, a ciência e escrever. .

Subscribe

If you enjoyed this article, subscribe now to receive more just like it.

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

eighteen − fifteen =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Top