Music. Ideas. Awareness

A evolução da música pop

By on May 27, 2017 in Management with 1 Comment

Uma equipe de cientistas liderada por Matthias Mauch da Universidade Queen Mary de Londres rastreou a evolução da música pop usando fragmentos de 30 segundos de 17,904 canções que apareceram na lista Hot 100 da Billboard de 1960 a 2010. Esta biblioteca de música digital representou 86% de todos os singles que fizeram parte da lista Hot 100 durante esse período de 50 anos.

Porém, em vez de se concentrarem no tipo de descrições qualitativas que os ouvintes poderiam atribuir às suas canções favoritas como “hard rock”, “folk” ou “electrônica” por exemplo, os pesquisadores catalogaram características quantitativas que correspondiam a acordes, ritmos e qualidades tonais. Eles atribuíram cada música a um dos 13 grupos de estilo, com base nos padrões encontrados.

1996:

Para verificar suas classificações, eles analisaram como os usuários do Last.fm, um serviço de descoberta de música on-line, tinham rotulado as faixas.  De um modo geral, os julgamentos do computador e dos humanos correspondiam entre si. Canções que os algoritmos classificaram como Estilo 2, por exemplo, tinham recebido tags na Last.fm como “hip-hop”, “rap” e “old school”. As músicas classificadas como estilo 8 foram descritas pelos ouvintes como “new wave “,” dance “e” eletrônica “.

Como biólogos evolucionários traçando as diferenças entre as espécies, eles se perguntavam sobre a diversidade da música pop: Os múltiplos estilos coexistem nas paradas, ou a música é homogeneizada?

1985:

Os fãs de música freqüentemente lamentam que a grande e diversificada música da sua juventude tenha sido reduzida a remakes utilizados por corporações e produtores como “American Idol”. No entanto, os dados da equipe sugerem que a diversidade realmente persistiu ao longo do tempo,  exceto por um período por volta de 1986, quando todo mundo ficou louco por sintetizadores.

Outra pergunta biologicamente inspirada qua a equipe fez foi se os estilos musicais evoluíram lentamente ou em grandes saltos. Ao calcular as taxas de mudança entre as músicas ao longo do tempo, os pesquisadores identificaram três períodos de rápida evolução: 1964, 1982 e 1991. De longe, o maior e mais importante dos três foi a explosão do hip-hop em 1991.

O gráfico abaixo mostra a popularidade das 13 categorias geradas pelo computador ao longo do tempo. A espessura maior indica um maior número de músicas em uma categoria em um determinado ano.

Olhando mais de perto para as obras dos Beatles e os Rolling Stones, os pesquisadores descobriram que essas bandas não iniciaram as mudanças generalizadas associadas com a música de sua época. Em vez disso, elas aceleraram essas mudanças musicais popularizando novas tendências.

Os autores do estudo escreveram que gostariam de estender a sua análise até 1940, apenas para ver se 1955 foi, como muitos alegaram, a data de nascimento do Rock n ‘Roll.  Os resultados foram publicados  na revista Royal Society Open Science.

2004:

 

 

Referências:

“The Evolution of Popular Music: USA 1960-2010,” by researchers at Queen Mary University of London, in Royal Society Open Science

Tags: , , , , , ,

About the Author

About the Author:

É blogger, vlogger, neurocientista e Dj de Techno. Já foi dona de loja, garçonete, manager de Djs, assistente de cobrança, vendedora, professora de universidade, webdesigner, fotógrafa, produtora de eventos, especialista em logística de piloto e dona de Club. Ama música, o cérebro, ser do contra e escrever.

.

Subscribe

If you enjoyed this article, subscribe now to receive more just like it.

There is 1 Brilliant Comment

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Francisco says:

    Muito bom Mari

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

1 + 15 =

Top