Music. Ideas. Awareness

A plenitude e a música – o estado de Flow

By on September 26, 2015 in MusicaMente with 1 Comment

The Flow 2013Utilizamos a música para celebrar, para nos aliviar quando estamos tristes, quando queremos expressar algo que estamos sentindo e para passar o tempo, mas como podemos aproveitar melhor os benefícios da música? Como utilizá-la para sentir que estamos plenos e completos?

O estado de Flow (fluxo) é um termo criado por Mihaly Csikszentmihalyi que descreve o estado em que as pessoas estão tão envolvidas numa atividade que nada mais importa, elas simplesmente estão super focadas naquela atividade, aquela atividade é o que importa realmente, é o que satisfaz. O resultado é indiferente.

O exemplo mais comum onde é possível observar esse estado é observando atletas, a maneira como treinam ou quando estão competindo. A concentração é tanta que o mundo parece não existir. Leia mais sobre a música e o esporte.

Um dos principais objetivos da música é o de fazer com que os ouvintes foquem num determinado estado de humor de acordo com os parâmetros musicais utilizados.

sounds-of-norway-sea-changeExistem músicas para todo e qualquer tipo de evento; casamentos, funerais, etc. Aqui no blog, é possível ler um pouco mais sobre como a música é utilizada pelo exército para incentivar e motivar a guerra.

Em todas as culturas conhecidas, a música foi usada para melhorar a qualidade de vida.

A música ajuda a organizar a mente e reduz a desordem que experimentamos quando informações aleatórias interferem com os nossos objetivos. A música evita o tédio e a ansiedade e pode levar a estados de plenitude (flow). Porém, depende da atenção do ouvinte, não adianta somente ouvir música para atingir esse estado, é preciso realmente escutá-la, prestar atenção.

Ironicamente, a facilidade de acesso que temos à música hoje em dia faz com que cada vez a ouvimos menos.

Nos prendemos a estilos e artistas, fazemos associações com locais ou pessoas que gostamos ou não e esquecemos do que realmente é importante.

Escutar a música com o coração.

Para alcançar esse estado de plenitude com a música é necessário escutá-la de verdade, prestar atenção em suas nuances e senti-la como ela realmente é;  e o principal, sentir como o seu corpo reage a ela. Não escutamos música somente com nossos ouvidos, mas com todo o nosso corpo.

Quando foi a última vez que você realmente parou para escutar e apreciar uma música de verdade? Quando foi a última vez que você ouviu uma música inteira? may-the-flow-be-with-you

 

“Parar o fluxo da música seria como a parar o próprio tempo, inacreditável e inconcebível.”

Aaron Copland

 

 

Referências:

Csikszentmihalyi, Mihaly. Flow: The Psycology of Optimal Experience. 1ª ed. HarperCollins Publishers. 1991.

Saiba mais sobre o conceito o Flow:

Tags: , , , , ,

About the Author

About the Author: É neurocientista, idealizadora da Círculo Produções, professora de Yoga, Dj de Techno e blogger. Já foi dona de loja, garçonete, manager de artista, assistente de cobrança, vendedora, professora de universidade, webdesigner, fotógrafa, produtora de eventos, especialista em logística de piloto e dona de Club. Ama música, o cérebro, o universo, a ciência e escrever. .

Subscribe

If you enjoyed this article, subscribe now to receive more just like it.

There is 1 Brilliant Comment

Trackback URL | Comments RSS Feed

Sites That Link to this Post

  1. Ilusão : MVERZARO | December 26, 2018

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

12 + 7 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Top